#Entrevista - Ricardo Costac

terça-feira, 31 de julho de 2012




Hey galerinha, esses dias atrás eu postei a resenha do livro O Círculo de Pedra e hoje vamos conhecer um pouco mais sobre o autor.





Poderia se apresentar e falar um pouco sobre o seu livro para os leitores do Blog?
Bem, eu sou um professor de História e Geografia de formação que atua profissionalmente na Indústria Farmacêutica. Adoro os gêneros de Fantasia, Ficção Científica e Terror, a chamada Literatura Especulativa. Sempre gostei de grandes sagas, aventuras que se desdobrassem em inúmeras possibilidades, de modo que me levassem a viver muitas emoções nas páginas dos livros. Quando o enredo de um livro era bom, eu ficava com aquele gostinho de quero mais ao final, principalmente se a obra não fosse volumosa. Então, se tornou óbvio para mim a necessidade de criar uma história extensa para explorar um mundo novo que estava nascendo. O Círculo de Pedra é exatamente isso, a materialização dos meus sonhos e conhecimentos adquiridos durante a minha vida de leitor e pesquisador. Deixei fluir a minha imaginação combinada com a minha formação acadêmica. Em síntese, O Círculo de Pedra é um épico permeado por mistério, aventura e fantasia. Ele é uma viagem em um mundo que eu gostaria de viver na realidade, habitado por seres nunca vistos e lugares jamais visitados por um ser humano.

Como iniciou a sua carreira na Literatura?
Ela é a materialização das histórias que eu contava para os meus filhos quando eles ainda eram pequenos. Acho que criei centenas delas, muitas de qualidade duvidosa, mas algumas, em minha opinião, merecem virar obras literárias. A parte mais difícil foi conseguir uma editora. É um tiro no escuro; muitas editoras nem se deram ao trabalho de responder uma simples recusa do original, outras responderam que O Círculo de Pedra era uma obra muito grande para se arriscarem com um autor desconhecido. Mas, enfim, o resultado está aí. Um sonho que virou realidade.

Tem algum ritual/costume antes de começar a escrever?
Antes de começar a escrever não, mas para me inspirar é muito comum eu usar aqueles instantes que antecedem o sono, na escuridão do meu quarto; naquele momento eu mergulho mentalmente em meus mundos extraordinários; é ali que nascem as histórias, os personagens e as criaturas fantásticas.

Você pesquisou ou utilizou referências de outros livros, seriados, filmes e músicas para complementar o seu livro?
Sou muito influenciado pela incrível obra de John Ronald Reuel Tolkien, O Senhor dos Anéis. Ela é complexa e magnífica. Livros sobre a incrível Mitologia Grega também deram uma bela contribuição ao meu trabalho, e as obras que abordam Arqueologia, Geologia e Astronomia também fizeram a sua parte. Quanto à música, sou diretamente influenciado por Howard Shore, Aeoliah, Kevin Kern, Andrey Cechelero (este é um ótimo compositor brasileiro de músicas new age), entre outros. Certas passagens de O Círculo de Pedra foram inspiradas ao som de músicas que simplesmente adoro.

Qual seu(s) autor(es) favorito(s)?
Responder apenas um seria trair autores que admiro muito. Prefiro mencionar alguns como: Howard Phillips Lovecraft, Arthur Clarke, JRR Tolkien, Patrick Rothfuss, Joseph Delaney, Ernest Hemingway, Gabriel Garcia Marquez, George Martin, Edgar Allan Poe, e por que não dizer J K Rowling.
Você pode falar um pouco sobre a continuação de O Círculo de Pedra?
A saga continuará em outra rota pelo gigantesco continente desconhecido. Novos povos e criaturas fantásticas surgirão para ajudar ou aterrorizar o grupo de aventureiros. Uma terrível profecia poderá trazer uma catástrofe de proporções inimagináveis. O desfecho de O Círculo de Pedra se dará no segundo volume que está sendo escrito com muita pesquisa e dedicação.

Você se identifica com algum personagem da história?
Muitos personagens me marcaram. Não é fácil escolher apenas um quando se é o pai de todos. Mas não vou fugir dessa citando mais de um. Gosto muito de Rhuror, o comandante guerreiro faogard. Ele é um valente, mas também um companheiro generoso.

Se você tivesse que definir seu livro em uma palavra, qual seria?
Épico

Quais seus planos para o futuro? Algum projeto novo em mente? 
Sim, ao todo são mais seis livros que estão na fila de produção. Dentre eles estão obras de Fantasia, Ficção Científica e uma de Terror. Para o gênero Fantasia apresentarei o enigma que envolve um rapaz que retorna à sua cidade natal; na Ficção Científica uma jornada que levará um solitário astronauta muito, mas muito distante para desvendar um mistério antigo; no gênero de Terror o leitor irá conhecer um outro conceito de Inferno.

Para finalizar: gostaria de deixar algum recado para os leitores do blog? 
Primeiramente gostaria de agradecer a oportunidade que o Just Livros me deu, através da querida Amanda Nello, para divulgar O Círculo de Pedra, e reconhecer o maravilhoso trabalho que os blogs literários fazem pelo bem dos autores e leitores espalhados pelo mundo. Também quero pedir aos leitores que dêem maior oportunidade aos autores nacionais que nem sempre podem contar com a poderosa força da mídia para divulgarem seus trabalhos. Existe muita coisa boa que o público leitor não tomou conhecimento por falta de divulgação adequada. Para os autores novos, um conselho: usem e abusem dos Blogs de Literatura. Costumo afirmar sem medo que os blogueiros são nossos maiores aliados e podem fazer uma grande diferença para tornar o seu livro conhecido. E para finalizar, gostaria que o leitor respondesse uma pergunta: Você seria capaz de guardar o maior segredo de todos os tempos?


Na internet:
Twitter: @ricardocostac
Skoob: R.Costac
Facebook: O Círculo de Pedra

5 comentários:

  1. Adorei a entrevista. Como estou colocando a leitura dos blogs que sigo em dia, vou voltar algumas postagem atrás para ler a resenha do livro ^_^

    Quanto a guardar o maior segredo de todos os tempos... Se ele continuar a ser um segredo, não vai trazer problemas a outras pessoas? Porque... Se a vida de alguém depende desse segredo, aí entram outras questões... Hehehe

    ResponderExcluir
  2. Humm muito legal a entrevista Amanda, estou lendo o livro agora, acho que ja comentei, estou no inicio né,,.. ele é tão grande...
    mais não sei se guardaria ou nao... sei la.. ehhee

    beijos
    tem promoção especial no blog
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Amanda!

    Quero agradecer sua visita no meu singelo cantinho, o Baú de Histórias !
    Legal a iniciativa de falar dos autores. As vezes a gente se apega tanto aos livros e esquece dos homens e mulheres que estão por trás deles!

    Beijão e volte sempre e com certeza eu voltarei aqui!

    Pri
    Baú de Histórias

    ResponderExcluir
  4. Também gostei muito da entrevista! Eu também imagino muitas coisas antes de dormir, parece que a paz e a escuridão ajudam a gente a se focar, e daí parece que mergulho melhor na história e na imaginação. Durante o dia me sinto muito elétrica, e tenho um problema com falta de foco, que tento controlar =D.

    Quanto ao segredo... depende... se fosse necessário guardar o segredo para proteger as pessoas, aí sim. Mas se fosse melhor contá-lo para proteger as pessoas, aí eu acho que não seguraria...

    ResponderExcluir
  5. Que entrevista legal, ele parece ser muito simpático.
    Um beijão.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Just Livros Todos os direitos reservados. Criado por: Amanda Nello.Tecnologia do Blogger. imagem-logo