#Resenha - Wake (Despertar)

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Ficha Técnica:
Livro: Wake (Despertar)
Autora: Lisa McMann
Editora: Novo Século
ISBN: 9788576793403
Páginas: 208
Comprar: Aqui!


Resenha feita pelo Lucas do blog O Apanhador de Histórias. Visitem:


Para a maioria das pessoas os sonhos são fragmentos metafóricos da própria vida, cheios de simbolismo e enigmas; para Janie eles são uma outra forma de enxergar a realidade - eles são as portas para um outro mundo.

"Para Janie, uma garota de 17 anos, ser sugada para dentro dos sonhos de outras pessoas está se tornando normal. Janie não pode contar a ninguém sobre o que acontece com ela - eles nunca acreditariam, ou pior, achariam que é uma aberração. Então, ela vive no limite, amaldiçoada com uma habilidade que não quer e não pode controlar. Mas, de repente, Janie acaba presa dentro de um pesadelo horrível, que lhe causa um imenso terror. Pela primeira vez, ela deixa de ser expectadora e se torna uma participante... "Um romance lírico, cujas imagens permanecem com você, muito tempo depois de virada a última página, como o mais memorável dos sonhos." Cassandra Clare "

Quando peguei Wake para ler tive a impressão de que aquele livro seria fantástico. A premissa por detrás dele era tão empolgante e, com certas ressalvas, inovadora que seria difícil deixá-lo esperando na minha pilha de livros para ler. Acabei me decepcionando. Creio que todos leitores devem respeitar certos mandamentos e "não exagerar na empolgação" deveria ser um dos que encabeçam a lista.

A protagonista Janie é uma adolescente bem comum - comum até demais. O seu único atrativo como personagem de um livro está no seu incrível dom de poder viajar pelo sonhos alheios. No primeiro livro descobrimos que ela não possui total domínio sobre tal técnica e por muitas vezes acaba desgastada ou em perigo iminente por causa dela. A personagem demonstra também certa futilidade que poderia muito bem não estar tão presente nas páginas da obra.

A leitura é confusa e pouco empolgante em diversos trechos. Os momentos de mistério e suspense deixam a desejar por causa da parca descrição e narrativa.A autora parece ter se perdido em determinado ponto de sua própria história e não conseguiu ser feliz na sua trajetória. 

Como sempre temos um par romântico para a nossa protagonista feminina. Adivinhem... sim, é o seu melhor amigo. Cabel é um daqueles personagens que conseguem mudar a imagem de nerd perseguido e feio para garanhão desejado por todas em uma única férias de verão - a veracidade mandou vários abraços para Lisa Mcmann. Esse gancho que tenta nos prender à história não é forte o suficiente, o que faz o enredo depender quase que exclusivamente do mistério por detrás dos sonhos lúcidos vividos por Janie. Não sou fã de conclusões precipitadas e Wake possui muitas delas; a forma como é resolvido este impasse entre os amigos não podia ter sido mais absurda e confusa.

Wake é um romance simples, daqueles que se leem despretensiosamente na sala de espera do dentista ou durante um momento de puro tédio. A leitura é rápida e pode ser feita em uma única lida.Temos vários diálogos e muitos pulos de linhas, que colaboram para a rapidez da letura. wake é um livro efêmero, não possui nenhum elemento memorável que se agarre aos pensamentos de seu leitor.
Lisa McMann
(Lisa McMann)

A diagramação é interessante, são utilizados diversas tipografias para diferentes situações: Durante os sonhos temos uma, e quando Janie está acordada temos outra. A capa é muito bem feita e o verniz é bem trabalhado; porém, eu tenho certo problema com estas capas de textura um pouco mais áspera - elas geralmente me irritam durante a leitura.

Se você está procurando um livro que possua profundidade e mistérios interconectados, eu diria "Continue procurando". Wake não é para você. Porém, se o seu momento atual é curtir um livro leve, raso e que ainda assim possa proporcionar uma boa distração - a obra de Lisa Mcmann é a sua escolha. É necessario que uma ficção sobre sonhos seja mais poderosa e intensa do que o significado oculto nas cenas que vemos quando fechamos nossos olhos.

7 comentários:

  1. parece um bom livro ainda não conhecia. vou procurar mais sobre ele

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Fiquei com receio de ler esse livro depois da resenha, acho que não vou nem arriscar... hehehe
    Adorei o blog e já estou seguindo. Segue o meu se puder! beijos!
    Camila - Meu Livro Cor-de-Rosa
    http://meulivrocorderosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Concordo em partes no que disse. Eu gostei de Wake, apesar das inúmeras criticas. Talvez por que eu começei a ler não esperando muito e me surpreendi após ler várias resenhas negativas. Mas com toda certeza, ele não chega a ser excelente.

    Lucas
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Como você eu acabei me decepcionando, eu achei que o livro fosse espetacular, mas acabou sendo um desperdício de dinheiro. Deixei de comprar um livro bom para comprar Wake e sai perdendo. Concordo na parte que diz que o livro é para a sala de espera do dentista. Depois de ler Wake eu passei para o livro "Viva para contar" e falei: Ah! Isso sim é um livro bem escrito.
    O que mais me irritou no livro, teve muitas partes, mas o pior é a falta de descrição que a autora faz das cenas. Eu li o livro apenas porque não gosto de deixar pela metade.
    Adorei a sua resenha. Não descordo em nada dela.

    ResponderExcluir
  5. Concordo completamente com a resenha. Eu esperava um livro ótimo e cheio de emoção, mas a realidade foi outra.

    ResponderExcluir
  6. Gostei, eu já tinha ouvido falar nessa série, mas nunca dei valor pq pensei ser chatinha. Mas deve ser bem legal. Agora fiquei curioso! Oo

    ResponderExcluir

Just Livros Todos os direitos reservados. Criado por: Amanda Nello.Tecnologia do Blogger. imagem-logo