#Resenha - Alcatéia Prateada

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Ficha Técnica:
Livro: Alcatéia Prateada
Autora: Eddie Van Fen
Editora: Linhas Tortas
ISBN: 9788598428123
Páginas: 300
Comprar: Aqui! Com frete grátis

Minha Opinião:
Primeiramente vale lembrar que Alcatéia era um mangá que passou para o mundo das palavras. E esse trabalho foi muito bem feito porque o livro é super detalhado.
Em Alcatéia Prateada conhecemos Phillipe que é um mestiço, filho de um lobo com uma humana que mora em Château das Vertentes (uma cidade de seres encantados). O garoto sempre foi maltratado desde a sua infância onde inocentemente pensava que podia ser amigo das outras crianças de sangue puro e essa situação só piorou quando sua mãe morreu.
Mesmo depois de anos a situação de Phillipe não mudou, vive em uma situação miserável em um barraco deixado pela sua mãe e sofre severas e humilhantes punições do capataz Gerard que é responsável pelo cultivo ds terras onde ele vive.
Phillipe tem apenas dois amigos, a loba que ele cuidou desde filhote e que se chama Prateada e o Capitão da cidade chamado Diderot (que sempre quando consegue livra o garoto do capataz e suas punições injustas).
Mesmo levando uma vida miserável Phillipe é esperançoso e acredita que após passar pelo ritual de filhote para lobo adulto e assim puder se transformar ele vai ser aceito na sociedade e principalmente pelo grupo de adolescentes da cidade onde uma pessoa em especial é importante para ele.

“Imaginou como seria sua primeira transformação. (...) Como seria sua vida depois disso? (...) Seria respeitado e não seria mais rejeitado, um pobre infeliz que vivia a ser enxotado de todos os lugares. Talvez, Celine olhasse pra ele com novos olhos.”

Phillipe nutre um amor praticamente platônico por Celine que é filha do Duque da cidade. Por um breve momento durante a infância os dois foram amigos e ele espera reconquistar essa amizade após a sua transformação.
E prateada, sua loba guarda um segredo que vai ser revelado... será que vai mudar alguma coisa?!

Durante a leitura não sei me sentia feliz por Phillipe ser sempre alegre e sonhador apesar da situação ou se sentia raiva por ele se conformar e aceitar tudo de ruim que acontecia.
O início do livro depois de ler algumas páginas começa a se tornar um pouco cansativo porque só mostra a rotina do Phillipe sem muitas novidades, mas a autora soube conduzir muito bem o rumo da história que vai se tornando cada vez mais interessante e surpreendente.
No final de cada capítulo tem uma parte do livro queimado da bruxa de Gévaudan, e com isso vou apontar um ponto negativo e outro positivo: o positivo é que eu amei o livro, é praticamente um diário da vida da bruxa e é super interessante poder ler os relatos sobre as viagens dela e as magias... agora o ponto negativo, apesar de ser interessante as páginas do livro e a introdução sobre ele ficaram meio sem sentido na história e seria muito legal um livro feito só pra isso.

“No reino das fadas (ao qual quase fui uma vez), o tempo corre de forma tão diferente da nossa que quando um ser humano é levado pra lá, mesmo que volte em alguns minutos, transforma-se em pó assim que entra em nosso mundo novamente, pois já passaram séculos."

O livro tem várias ilustrações da Carolina Mylius que são maravilhosas! E a editora Linhas Tortas esta de parabéns pela diagramação e o capricho com a parte interna do livro que é muito linda... tão linda que eu resolvi tirar algumas fotos para mostrar no final da resenha.
Mas por outro lado, faltou uma revisão mais detalhada porque tem alguns errinhos de digitação.
O livro vai ter continuação e vai se chamar Alcatéia Lua Carmesim, vou aguardar ansiosa essa continuação.

Acrescente Alcatéia Prateada na sua lista do Skoob   

Os dois volumes dos mangás no Skoob:


11 comentários:

  1. Oi, Amanda!

    Tudo bem? Gostei muito da resenha de Alcateia e pode apostar que suas críticas serão ouvidas! Teremos uma revisão mais apurada para o Lua Carmesim (espero!) e retirei esses finais de capítulos com histórias paralelas. Em Lua Carmesin, seria O Grimório de Gregório, e realmente eu concordo que fica melhor como uma coisa separada. Fico feliz que mesmo assim você tenha gostado! Um super beijo pra você e para todos do Just Livros!

    ResponderExcluir
  2. Parece beeem legal, fiquei interessada!

    ResponderExcluir
  3. Eu conheci essa história pelo mangá. Agora tô doida pra conhecer em livro. Eu até já o tinha adicionado no Skoob XD

    ResponderExcluir
  4. É a primeira vez que leio sobre ele, a história realmente me deixou curiosa. Já adicionei no skoob. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  5. Bem legal esse livro. A primeira vez que vejo e gostei dele. E essas fotos me deixaram curiosa, olha que lindo os capítulos! *-*

    ResponderExcluir
  6. Nossa é muito lindo mesmo, me lembrou os livros da Pat kovacs ^^
    Vc iria adorar

    bjs
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Conheci o livro na Bienal de SP, mas ainda não tive a oportunidade de ler. A história parece ser bem legal!

    ~Glaucia

    www.leitorait.com

    ResponderExcluir
  8. Gostei da resenha, gostei da capa e aguçou-me a curiosidade e a vontade de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  9. Primeira vez que ouço falar desse livro me parecer super legal!! E pelas fotos o livro é bem diagramado!

    Enfim, quero muito ler!

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Que lindo. Eu conhecia pelo mangá e descobri sem querer que tinha o livro <3 com certeza quero ler.

    ResponderExcluir
  11. Eu nunca fui muito fã de mangás, mais achei a estória boa,apesar de não me empolgar muito.

    ResponderExcluir

Just Livros Todos os direitos reservados. Criado por: Amanda Nello.Tecnologia do Blogger. imagem-logo