#Resenha - Pobre Não Tem Sorte

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Ficha Técnica:
Livro: Pobre Não Tem Sorte
Autora: Leila Rego
Editora: All Print
ISBN: 9788577187348
Páginas: 248
Comprar: Aqui!
Leia o primeiro capítulo Aqui!

Promoção no final da resenha até 25/10.

Minha Opinião:

Vocês sabem o que é Chick Lit? para quem não sabe o Wikipédia ajuda: “Chick Lits são romances leves, divertidos e charmosos, que são o retrato da mulher moderna, independente, culta e audaciosa”.
Pobre Não Tem Sorte foi o primeiro Chick Lit nacional que eu li e com certeza superou minhas expectativas.
No livro conhecemos Mariana, uma jovem do interior de São Paulo que pode ser considerada uma perfeita patricinha. Apesar de ser de uma família humilde sua maior preocupação é sempre estar na moda, usando roupas de marca, resumindo ela só pensa em futilidades e acredite é super fácil se irritar com esse jeito dela, mas ao mesmo tempo ela vai te proporcionar boas risadas.

“Sou culta, tenho um bom papo, sou educada... Mas esse detalhezinho de ser pobre é uma merda (desculpe o palavrão. Mas é o que melhor define a minha insatisfação com a minha atual classe social). (...) Em outras palavras, quero ser a Sarah Jessica Parker do oeste paulista!”


Mariana vê uma oportunidade de mudar sua vida, ela esta noiva de Eduardo, um cara super inteligente, formado em medicina, lindo e rico.
Ela esta ansiosa para se casar e finalmente sair do minúsculo apartamento onde mora com seus pais e sua irmã que ela rotula como “esquisita” e fora de moda. Depois do casamento ela vai ter a vida que sempre idealizou como perfeita, mas antes disso é necessário um casamento perfeito né?! É isso que ela esta organizando.
Ela se sente vivendo um sonho, vai se casar com o seu príncipe, vai ter um casamento perfeito, vai ter a casa dos seus sonhos, tem até uma sogra que não aprovada o namoro como em toda comédia romântica, mas lembre-se... “Pobre Não Tem Sorte”.
Então como Pobre Não Tem Sorte, logo no inicio do livro nos deparamos com uma situação desagradável no dia do casamento e para saber como tudo chegou nesse ponto voltamos no tempo para conhecer o relacionamento de Mariana e Edu e depois vamos saber o que aconteceu após o dia do casamento.

A autora criou uma personagem tão fútil que chega a ser muito irritante (não sei se esse exagero de futilidade foi proposital), do tipo que você sente vontade de entrar o livro e mandar ela acordar pra vida sabe?! Coisa que felizmente sua amiga Clara faz em nome de nós leitores. No final fiquei feliz em ver como ela conseguiu amadurecer.
Apesar dessa irritação o livro é escrito de tal maneira que eu acabei rindo várias vezes com os pensamentos da Mariana, o livro é narrado em primeira pessoa e de maneira tão descontraída que parece que a personagem esta conversando diretamente com você.
Além de garantir boas risadas o livro conta com personagens que eu classificaria como bem desenvolvidos e de acordo com a realidade, afinal quem nunca conheceu uma Mariana? Um Eduardo? Uma tia Albertina que adora uma lojinha de R$ 1,99? Ou uma amiga verdadeira como a Clara?
É bem legal ver a lição de vida que temos ao finalizar o livro, muitas vezes julgamos pessoas como a Mariana por seu estilo de vida e limitamos nossas oportunidades de conhecer melhor essas pessoas e ver o que há por trás da aparência.
Pobre Não Tem Sorte já tem continuação e eu preciso ler para descobrir como vai ser as novas aventuras de Mariana na cidade grande, São Paulo.
Para finalizar, eu já havia lido algumas resenhas do livro e as pessoas estavam reclamando sobre os erros de português e/ou digitação então vale dizer que na segunda edição do livro isso foi resolvido.
Uma pena o livro não ser mais longo, fica aquela sensação de “quero mais”. Recomendo a todos e vale à pena valorizar os autores nacionais. E seria genial ver um filme desse livro, ao estilo Os Delírios de Consumo de Becky Bloom. haha


Acrescente Pobre Não Tem Sorte na sua lista do Skoob
Promoção 
Vou sortear 2 kits com marcadores do livro Pobre Não Tem Sorte autografados + marcadores do Pequeno Príncipe do blog entre as pessoas que comentarem na resenha.
Quem quiser participar basta deixar um email para contato junto com o comentário.
Sorteio dia 25/10 e eu entrarei em contato com os vencedores diretamente por email.
  
Book trailer

19 comentários:

  1. Parece ser bem legal haha
    aleexandrej@ymail.com

    ResponderExcluir
  2. Eita que gostei desse livro viu, vou compra-lo. Achei a história bem descontraída e leve, o meu tipo de romance!
    ah!
    kassiaday@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Parabéns!!! Sua resenha ativou minha curiosidade, agora quero conhecer a história de mariana.

    ResponderExcluir
  4. Faz tempo que estou querendo esse livro.. a sua resenha só me deixou com mais vontade de ler esse livro.
    Se eu ganhar os marcadores já fico feliz!
    erica_rockcity@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. amei a resenha! fiquei apaixonda pelo livro desde a primeira vez que li sobre ele!

    carlianesud@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Adoro a Leila Rego, ele escreve personagens super engraçados :D

    camilinhaa-princess@hotmail.com


    Camila Dornas

    ResponderExcluir
  7. Gostei da resenha, e porque é chick-lit já fiquei doida pra ler. Me lembrou Beck Bloom, rsrsrs

    bjs,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  8. Ai eu sou looooouca pra ler esse livro! E tua resenha me deixou mais louca ainda ahahah me lembra muito Marian Keyes e Meg Cabot! Eu querooooooo!

    sahbarreto@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Só o titulo desse livro já me chama a atenção... "Podre não tem sorte" kkkkkkkkkkkk
    acho que tem alguns pobres que tem sorte sim...rsrs
    só acreditar...

    mas depois vou ver se leio o livro, parece interessante

    ResponderExcluir
  10. Valeu pela resenha deve ser muito divertida a historia.
    damagealcatraz@gmail.com

    ResponderExcluir
  11. Eu quero o/

    Beatriz Aline
    bea.aline@Bol.com.br
    @Simeusouleitora
    http://simeusouleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Mentira que é um Chick Lit! Pensava que era um livro de auto ajuda ou coisa do tipo ( '-') Já gostei do livro, o 'queote' é muito bom! Adorei os personagens, a tia Albertina deve ser uma comedia, quero ler esse livro o quanto antes.

    ResponderExcluir
  13. Hahaha, adorei. E se ver, é bastante parecido com nosso cotidiano. Pessoas de classe média querendo se passar por ricos e sempre querendo estar na moda.
    Adorei, com certeza se um dia eu ver vendendo, comprarei =D

    jenny-dobruski@hotmail.com

    ResponderExcluir
  14. Parece ser muito legal! Vi Os Delírios de Consumo de Becky Bloom e ri litros! Ainda quero ler os livros.
    A história desse livro parece ter um pouco em comum... Os autores nacionais estão nos surpreendendo cada vez mais, daí vale a pena arriscar né?! Eu ainda não tinha ouvido falar de Chick Lit. Mas gostei muito da idéia!
    Adorei a resenha descontraída! =)
    maiiira04@gmail.com

    ResponderExcluir
  15. Gostei da resenha e compraria e que surpresa ser de autor nacional

    ResponderExcluir
  16. Nossaaaaaa to louca pra ler os nacionaissss.......... e sua resenha me ajudou muito na hora de pensar neles... bjoss
    anaelisa_ufpel@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  17. Conheci o livro através da sua resenha, parece bem divertido. Gostei!

    najara.dsr@hotmail.com

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Ah, adorei a proposta do livro, bem interessante! fiquei curiosa! =)

    ResponderExcluir

Just Livros Todos os direitos reservados. Criado por: Amanda Nello.Tecnologia do Blogger. imagem-logo