#Resenha - O Estigma do Feiticeiro Negro

quarta-feira, 6 de março de 2013


Ficha Técnica:
Livro: O Estigma do Feiticeiro Negro
Autores: Melanie Evarino e Miguel Carqueija
Editora: Ornitorrinco
ISBN: 9788565623025
Páginas: 300
Comprar: Aqui!

Minha Opinião:
Nesse livro conhecemos a jovem elfa domadora de dragões Gislaine Pétala, que se tornou a ovelha negra da família após deixar as florestas élficas e partir para o mundo dos humanos em busca de sabedoria. Logo no inicio da sua viagem seu dragão de estimação (chamado Morte e que é manso e vegetariano) é roubado por um misterioso mago conhecido como “Homem Sombra”.
Decidida a recuperar o seu dragão ela recebe ajuda do paladino Iúri (o esperto) e o anão guerreiro Armério para seguir os rastros do Homem Sombra.
Ambos não imaginavam que acabariam reunindo forças com o Homem Sombra para iniciar uma jornada por um motivo bem maior do que o roubo de um dragão.
Esse motivo é uma conspiração de neocromantes liderada pelo Cavaleiro Negro que se uniram a unidades maléficas para dominar o mundo. E o Homem Sombra esta recrutando guerreiros para se juntar a ele e impedir que a Era das Trevas chegue.
Ao longo da saga Gislaine descobre a profecia que a coloca no caminho do Cavaleiro negro, seu inimigo mortal e inconciliável.

“Se nada se fizesse, o mundo sucumbiria em sangue e destruição, mas será naqueles tempos que surgirá a guerreira da sabedoria, aquela que aparecerá junto a uma sombra e virá montada num dragão branco e manso.” Profecia sobre a Gislaine, pág. 56

E a aventura esta só começando, mais guerreiros se juntarão ao grupo para salvar a civilização.

Geralmente quando vou ler um livro de fantasia fico entediada com a quantidade de informações sobre o novo “mundo” criado para a história, e nesse livro é diferente. Nele contém somente o necessário, sem muita enrolação.
Apesar do foco da história ser relatar a jornada e aventura do grupo de guerreiros, o livro também conta com um toque sutil de humor que me agradou bastante.
Os personagens foram bem construídos, nota-se a personalidade bem definida de cada um. E ainda falando sobre personagens, o que conseguiu me cativar foi o Iúri com seu jeito desastrado e sempre exagerando na hora de relatar suas aventuras.
O livro tem capítulos curtos, o que faz a leitura fluir rapidamente. Apesar de uma boa diagramação o livro tem alguns erros de digitação.  As ilustrações da capa e miolo foram feitas pelo Walter Tierno. A capa conseguiu representar bem a história e o miolo tem folhas levemente amareladas.
Finalizando, para quem gosta do gênero de fantasia eu recomendo a leitura.

Acrescente O Estigma do Feiticeiro Negro na sua lista do Skoob

2 comentários:

  1. Primeira fez que leio sobre Melanie Evarino e Miguel Carqueija, pela resenha a história parece ser boa e chamou minha atenção.Se tiver oportunidade com certeza irei ler...

    ResponderExcluir
  2. então,não é lá minha prioridade em leitura,mas eu gosto desse tema,fantasia e aventuras.legal também ver que são dois autores e brazucas! ponto pra nossa literatura.da pra ver pela resenha,que os autores criaram uma personagem forte e que vai atrás do que quer.=) e o bom é saber que a leitura fluiu fácil.agora,uma coisa que eu não gostei foi a capa.gente que capa mal feita. =/ podiam ter caprichado um pouquinho mais... mas enfim,adorei a dica.

    ResponderExcluir

Just Livros Todos os direitos reservados. Criado por: Amanda Nello.Tecnologia do Blogger. imagem-logo