#Entrevista - Carol Sabar

sábado, 13 de abril de 2013



Olá Pessoal, tudo bem? Curtindo o final de semana? Hoje trago para vocês uma entrevista com a Carol Sabar autora dos livros Como (quase) namorei Robert Pattinson que foi resenhado aqui no blog (Resenha) e Azar o Seu. Espero que gostem!
 

Poderia se apresentar para os leitores do Blog?
Olá! Meu nome é Carol Sabar, sou mineira (de Juiz de Fora), engenheira e escritora. Adoro viajar, ler, namorar, assistir a seriados, escutar música...  Adoro viver!

Quantos livros seu já foram publicados? Fale um pouco sobre eles.
Tenho dois livros publicados.
O primeiro chama-se “Como (quase) namorei Robert Pattinson”, que conta a história da Duda, uma garota viciada na saga Crepúsculo e que vai para Nova York, para estudar inglês, eacaba conhecendo um garoto misterioso, que é a cara do Robert Pattinson! Ela se apaixona por ele, é claro. É uma história cheia de humor, de aventuras e reviravoltas. Para ler os primeiros capítulos: http://issuu.com/grupoeditorialpensamento/docs/name7eb9c4
O segundo livro chama-se “Azar o seu!”, que será lançado em maio de 2013. O livro
conta a história da Bia, que está parada num engarrafamento no Rio de Janeiro, pensando em sua vida azarada (ela nunca teve um namorado, está sem emprego e atolada em dívidas, coitada) quando o motorista do carro ao lado começa a buzinar, tentando se comunicar com ela, como se fosse um velho conhecido... E ele é! Mas Bia não o reconhece. E como poderia? Ele é um homem, não mais o garoto de dez anos atrás. Está mais encorpado, cortou o cabelo, livrou-se do aparelho nos dentes e das espinhas do rosto, está tão diferente, tão lindo... O motorista sai do carro, mas não tem tempo de se explicar, pois começa um tiroteio e eles têm que se jogar lado a lado no asfalto. Certa de que está prestes a morrer, Bia entra em desespero e se prepara para dizer suas últimas palavras, na esperança de que o suposto desconhecido deitado a seu lado possa levar um recado a Guga, seu amor de adolescência, sem perceber que é ele próprio que está ali, ouvindo a inesperada declaração. Os dois escapam juntos do tiroteio e, a partir daí, começam a se envolver, dia após dia... Guga, sem coragem de assumir sua verdadeira identidade. Bia, fascinada por ele e feliz consigo mesma por finalmente estar se apaixonando por alguém que não é Guga... Acho que falei demais, né?

Quando surgiu a ideia de escrever Azar o Seu?
A ideia surgiu de repente, como acontece com a maioria das ideias. Eu me peguei imaginando como seria se uma garota encontrasse seu amor de infância, anos depois, e não o reconhecesse. Pior ainda, se ela acabasse dizendo para ele que sempre foi apaixonada por ele, sem saber que ele é ele. Confuso? Pois é. Confusas também são as coisas do coração.  

Quais são seus autores favoritos?
Tenho muitos autores favoritos. Dos estrangeiros, gosto de J.K. Rowling ,Stephenie Meyer (é claro), David Nicholls, Meg Cabot, Sophie Kinsella, Sarah Dessen, Diana Peterfreund (minha mais recente paixão). Dos nacionais, sou louca pelas crônicas do Luis Fernando Veríssimo, pelos romances divertidos da Claudia Tajes, pelas histórias de amor da Paula Pimenta e da Carina Rissi e pelos contos da minha amiga Táscia Souza (para quem também quiser se apaixonar pelos contos dela, seu blog é http://hupokhondria.wordpress.com/).

Você se identifica com algum dos seus personagens? 
Eu toco piano, como a Bia, e também estudei no conservatório de música por dez anos. Mas nossas semelhanças terminam por aí. Acho que sou mais parecida com a Raíssa, a melhor amiga da Bia, e, mesmo assim, as semelhanças são poucas. O que mais me fascina quando estou escrevendo é a possibilidade de viver muitas vidas. Acho que é por isso que sempre acabo me colocando na pele de personagens que tomam atitudes diferentes das minhas. Essa é a graça, afinal.

Quais seus planos para o futuro?
Meus planos são simples. Quero continuar estudando (eu amo estudar) e trabalhando como engenheira e escritora.  Além disso, claro, quero viajar muito, quero casar e ter dois filhos.  

Quais palavras você usaria para definir o seu novo livro?
Posso usar muitas palavras?
“Azar o seu!” vai além de uma comédia romântica. É uma reflexão sobre a importância da amizade verdadeira, do perdão e do autoconhecimento, que nos resgata o poder de decidir sem medo e de reverter escolhas que nos impedem de ser feliz.

Agora algumas perguntinhas rápidas:
Um livro: Sociedade Secreta Rosa & Túmulo (os quatro livros da coleção);
Um autor: J.K. Rowling;
Uma música: Here, there and everywhere, dos Beatles (está aí mais uma semelhança com a Bia, ela adora essa música);
 Um filme:  Sociedade dos Poetas Mortos
Uma frase: vou usar um trechinho do “Azar o seu!”, posso?
“Eu tinha tantas frases de impacto! Tantas declarações ensaiadas! Numa delas, inclusive, eu fazia um bonito discurso sobre a maravilhosa arte de recomeçar. Versava sobre a ridícula perda de tempo que era tentar entender... querer ter a vida nas mãos para começar a vivê-la enquanto se podia simplesmente viver e descobrir no caminho”
Sonho: Morar em Nova York por uns tempos.

Para finalizar: gostaria de deixar algum recado para os leitores do blog?
Foi um prazer contar um pouquinho da minha história para vocês,
Beijinhos da sorte,

5 comentários:

  1. Eu sou fã incondicional ...
    Amo amo amo loucamente , Carol é minha diva , amei demais saber mais sobre o novo livro "Azar o seu" , não vejo a hora de ter meu exemplar. Parabens ao blog pela bela entrevista .

    Daniele Nhasser - Autora de "Amor,és real"

    ResponderExcluir
  2. Parabéns ao blog pela maravilhosa entrevista com a Carol Sabar,li o livro e achei muito divertido,a capa maravilhosa,com certeza na minha lista Azar o Seu

    ResponderExcluir
  3. Achei ótima a iniciativa do blogger em fazer uma entrevista, achei ela muito fofa *-*

    Beijocas!

    http://sorriso-jovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Amo de paixão a Carol, li o livro dela e é um dos meus favoritos. Tipo, um dos 5 favoritos. Amo o jeito dela escrever e gostei muito da entrevista. Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Não li nenhum dos livros da Carol Sabar, mas quero muito lê-los!!!
    As críticas são ótimas, e as histórias, parecem divertidas e estimulantes!! ;D

    bjoss

    ResponderExcluir

Just Livros Todos os direitos reservados. Criado por: Amanda Nello.Tecnologia do Blogger. imagem-logo