#Curiosidade - Os verdadeiros Contos de Fadas

domingo, 12 de maio de 2013


Quando pensamos em Contos de Fadas logo nos lembramos dos filmes da Disney, tudo muito lindo e sempre com um final feliz. Mas as verdadeiras histórias por trás desses filmes não são bem assim, então resolvi compartilhar com vocês quais são as verdadeiras histórias dos contos de fadas. Aposto que muitos vão se surpreender. As histórias que eu escolhi para compartilhar com vocês são Chapeuzinho Vermelho e Branca de Neve. Confiram abaixo:


Na história original o lenhador não existe, na verdade a Chapeuzinho e sua vovó são devoradas e pronto, parou por ai, nada de final feliz. Em outra versão ainda mais antiga, a Chapeuzinho faz um strip tease pro Lobo (que às vezes era representado por um lobisomem ou um ogro) para assim poder fugir enquanto ele esta “distraído”. Existe ainda uma versão mais bizarra da história, onde o Lobo estripa a Vovó e obriga a Chapeuzinho a jantá-la com ele. A Chapeuzinho, que não é besta, diz que precisa ir ao banheiro (que naquela época ficava do lado de fora das casas) e fugia.


Na história original da Branca de Neve, a “madrasta malvada” (que em algumas versões é sua mãe original) não cai de um penhasco como é mostrado no final do filme da Disney. Ela na verdade é forçada a vestir sapatos de ferro em brasa e dançar até cair morta. Outra bizarrice nessa história é a idade da Branca de Neve. Na versão dos Irmãos Grimm ela tem apenas sete anos, ou seja, príncipes pedófilos eram normais naquela época. E ao invés de dar um “beijo de amor” o Príncipe, que não é tão encantado assim já que um príncipe encantado não leva crianças mortas para seu castelo, carrega o corpo morto da Branca de Neve para seu palácio para que assim ela estivesse sempre com ele. Depois de algum tempo, um de seus servos, cansado de ter que carregar um caixão de um lado pro outro, resolve descontar suas frustrações dando uma baita surra na Branca de Neve. Um dos golpes desferidos no estômago faz com que ela vomite a maçã envenenada e assim volte à vida.
Mas de todas as mudanças feitas através dos anos, a mais sangrenta foi em relação ao coração da Branca de Neve. Nas histórias mais antigas a rainha não pedia ao caçador para trazer só ele. Ela queria também outros órgãos principais como pulmão, fígado, etc. Fora isso ela também queria um jarro com seu sangue. E ela queria tudo isso para simplesmente servir a Branca de Neve no jantar, Bizarro!


Eai o que vocês acharam? Só posso dizer que minha infância foi uma mentira hahah

3 comentários:

  1. Eu me amarro nessas verdadeiras (e macabras versões de contos de fadas), eu já ouvi uma versão em que o lobo devora a vó e que ele tenta se deitar com a chapeuzinho vermelho (cor da paixão, e eles aproveitam essa cor como um símbolo erótico), e não lembro como, ela consegue fugir, mas a avó não sobrevive.
    Eu já ouvi falar da Branca de Neve, em que ele leva a menina morta pro castelo e tem relações com o corpo (bizarro, né?) e a menina acorda.
    É... esses contos eram bem fortes para criancinhas da Idade Média ouvir pra dormir, né? Kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Agora imaginem o que não aconteceu com a pobre e desacordada Aurora...

    ResponderExcluir

Just Livros Todos os direitos reservados. Criado por: Amanda Nello.Tecnologia do Blogger. imagem-logo