#Resenha - Como Dizer Adeus em Robô

sábado, 15 de junho de 2013

Ficha Técnica:
Livro: Como Dizer Adeus em Robô
Autora: Natalie Standiford
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501091024
Páginas: 344
Comprar: Aqui!
Leia o primeiro capítulo: Aqui!


Minha Opinião:
Beah e Jonah ou como preferem se nomear: Garota Robô e Garoto Fantasma tem uma singular ligação. Ela não tem um coração, pelo menos é o que a sua mãe costuma dizer. E ele não faz novos amigos desde a terceira série.
Mas através de ligações para um programa noturno de rádio (The Night Lights) eles acabam se conhecendo e se aproximando cada vez mais. Esse programa acontece sempre à meia noite, fala sobre conspirações e possui ouvintes fiéis que sempre participam contando seus problemas, praticamente funciona como um grupo de auto-ajuda onde todos se apoiam. Ali eles encontram uma "válvula de escape" para lidar com os seus problemas.
Eis que depois de compartilharem esse “hobby” começa a surgir uma amizade se baseando em compreensão e segredos partilhados. Ambos não são as pessoas mais felizes do mundo, mas juntos podem encontrar algo próximo à felicidade.
Essa é uma história original e o modo como ela foi escrita também é. A autora Natalie conseguiu escrever algo comovente e ao mesmo tempo divertido, com um toque de ironia. É praticamente impossível começar a ler e não se apegar a Beah e ao Jonah.
Achei apenas que a relação dos protagonistas com a família - principalmente no início - foi tratada de maneira meio superficial. Isso porque essa relação é um dos problemas deles então seria bom ter mais informações.
A narrativa é em primeira pessoa feita pela Beah e foi bem legal poder acompanhar como ela foi percebendo quanta afinidade tinha com o Jonah e pouco a pouco ambos vão percebendo que foram feitos um para o outro.
Certamente os adolescentes vão se identificar com pelo menos um dos personagens da história e seus problemas. Afinal o livro relata bem como é a fase da adolescência e a confusão que fica a cabeça dos jovens.
O final me surpreendeu, não era o que eu estava imaginando. E ao fechar o livro você vai ter vontade de reler a história para voltar a ter a companhia da Beah e do Jonah.
Para finalizar adorei todo o trabalho de edição do livro com toques em rosa, e além do livro ser dividido em capítulos ele também possui divisões em partes indicando o mês em que tudo esta ocorrendo. Como Dizer Adeus em Robô nos apresenta uma forma diferente de amor e que com certeza você precisa conhecer, recomendo a leitura!

Sobre a atura:
Natalie lamenta, mas não fala robô fluentemente. Nascida e criada em Maryland, graduou-se em Literatura Russa e estudou em São Petersburgo para se aperfeiçoar. Atualmente mora em Nova York onde divide o tempo entre os livros e a banda Tiger Beat, formada apenas por escritores de tramas juvenis, entre eles Libba Bray.

Acrescente Como Dizer Adeus em Robô na sua lista do Skoob

8 comentários:

  1. Pelo que captei da resenha, a premissa é bem original! Adorei a ideia de uma rádio noturna de auto-ajuda e de dois adolescentes com problemas próprios com os quais enfrentar e conviver! Sou menino, mas também curto rosa, e este parece ser um livro belo!
    Beijo,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  2. É a primeira resenha que leio e fiquei encantada, principalmente pelo fato de vc ter gostado, afinal eu estou louca por esse livro e saber que há pessoas lendo e gostando me estimulam mais a ler.

    xoxo
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  3. Oie :)

    Nossa quando vi sua resenha fiquei muito empolgado para ler porque desde o lançamentos eu quero muito esse livro, acho que pelo o que você disse é daquelas estórias que nunca esquecemos, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  4. Acho que não fui a única pessoa que vê essa como primeira resenha do livro. Achei demais a maneira como a história parece se apresentar. Sua resenha me fez querer ler os livros, mas os milhares que tenho na lista me farão deixar para uma próxima. Abraços, Felipe (A Hora do Livro)

    ResponderExcluir
  5. Não imaginava que a história era tão diferente assim. Mais gostei creio eu que a gente se envolve ao ler por ser tão inusitado.
    Beijos....

    ResponderExcluir
  6. Tenho vontade de ler esse livro desde que a Editora anunciou o lançamento, mas não tinha visto nenhuma resenha sobre. Essa está sendo a primeira e, ual, quero muito agora! A resenha ficou show!!!!

    ResponderExcluir
  7. Gostei do livro, eu não conhecia, mas gostei bastante!! Acho que vou me identificar mesmo com os personagens!!

    ResponderExcluir
  8. Adorei a resenha. Se já estava com vontade de ler esse livro, agora me apaixonei pela história!

    ResponderExcluir

Just Livros Todos os direitos reservados. Criado por: Amanda Nello.Tecnologia do Blogger. imagem-logo